Tradutor

sábado, 10 de março de 2018

Reunião com a secretaria de Estado Lazer e Juventude
Nessa segunda-feira, dia 05 de março, os representantes da cidade de Campo Alegre, Ramilson Alexandre (ADEFICAL) e Pedro Temóteo (SEMEL), participaram de reunião na Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude Alagoas - SELAJ. A reunião foi organizada pela Superintendência de Esporte, Lazer, Inclusão Social e Rendimento e foi dirigida pela Secretária de Estado do Esporte, Lazer e Juventude, Cláudia Petuba, que tratou sobre assuntos referentes à elaboração do cronograma do Paradesporto e da programação dos Jogos Paralímpicos que acontecerão ainda no primeiro semestre deste ano. 

 A Secretaria de Esporte de Campo Alegre em parceria com a ADEFICAL e o CMAEE irá levar uma delegação de atletas com deficiência visual, física e intelectual para a terceira edição dos Jogos Paralímpicos. Os atletas participarão das seguintes modalidades: Paravôlei, Goalball, Biribol Adaptado, Natação e Atletismo. 

A delegação que destacou-se no ano de 2017 trazendo 09 medalhas para Campo Alegre, já segue em preparação para enfrentar mais este novo desafio. 

Os Jogos Paralímpicos são constituídos por competições entre atletas com deficiência.  O evento tem como objetivo valorizar as diferenças e estimular a prática esportiva, melhorarando assim a auto-estima e a qualidade de vida dessas pessoas.

A Prefeitura de Campo Alegre através da Secretaria de Esporte vem firmando parcerias com o objetivo de incentivar e apoiar o Paradesporto no município.


terça-feira, 6 de março de 2018

                               
                          SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTE ANO DA ADEFICAL 

ADEFICAL - Associação dos Deficientes Físicos de Campo Alegre, em Alagoas, realizou mais uma reunião do ano, na última terça-feira, 20 de fevereiro de 2018, às 9(nove) horas da manhã, em sua sede, localizada na Rua Nossa Senhora do Carmo, nº 278, nas proximidades da Creche Virgem dos Pobres, em Campo Alegre - Al
Foi discutido sobre; Projeto Captação de Recursos, Aquisição de Órtese Prótese; Conselho Municipal da Saúde, que a senhora Mariste Rosa da Silva, ficou como conselheira titular com a vacância do conselheiro Carlos Roberto. Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência - foi concluído no município com a primeira reunião no dia seis de fevereiro, com a posse dos conselheiros e escolha da primeira diretoria o Sr. Ramilson Alexandre do Santos representando a ADEFICAL, ficou como presidente. 
O presidente, Ramilson Alexandre, deu as boas vindas a todos e iniciou o encontro com muita satisfação e otimismo, pois em sua fala, colocou em destaque que muitas novidades estão surgindo para com o desenvolvimento da instituição. 
A próxima reunião do grupo ficou marcada para o dia 15 de março, a reunião contou com  a presença de membros da direção da Adefical: Presidente, Ramilson Alexandre;  Sr. Djalma; vice-presidente, Claudival MedeirosMaristelaDavi RolimElianeClaudionor RochaFlávio JamaicaJoão Pedro (JP) e demais convidados. Algumas pessoas do grupo não puderam comparecer por motivos superiores.

***A ADEFICAL já existe desde o ano de 2007 e está na luta em defesa do direito das pessoas com deficiência, no incentivo aos projetos sociais, buscando mais assistência aos envolvidos da causa e
 convidamos todas as pessoas com deficiência, familiares e responsáveis para atualizar seu cadastro e participar dos programas sociais.
 A ADEFICAL está de portas abertas, às terças e quintas-feiras, pela manhã, no horário das 8 às 11 horas.
 Para maiores informações: Whatsapp: (82) 99125 – 6038, email: adeficalcampoalegre@hotmail.com
  Agradece: Presidente: Ramilson Alexandre
       Vice-presidente: Claudival Medeiros



            

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

A ADEFICAL PARTICIPAR DE CAPACITAÇÃO DA SEFAZ E CGE DE PRESTAÇÃO DE CONTA COM
                               INSTITUIÇÕES CADASTRADA NA NOTA FISCAL CIDADà 
A ADEFICAL, participou do encontro promovido pela Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL), em parceria com Controladoria-Geral do Estado (CGE), que realizou, nesta ultima segunda-feira (5), mais um encontro sobre transparência a serviço do cidadão.
Envolvendo mais de 50 representantes das instituições cadastradas na Nota Fiscal Cidadã (NFC), o evento aconteceu no Lar São Domingos e teve como principal objetivo reforçar instruções sobre uso das quantias ganhas em sorteios do programa e o modo correto de realizar a prestação de contas.
Em 2016, a Sefaz e a CGE firmaram uma parceria para estruturar os procedimentos para as prestações de contas. Durante o encontro, a superintendente de Controle Financeiro da CGE, Fabrícia Costa, destacou os pontos exigidos para a prestação de contas dos recursos recebidos através dos sorteios. Foram abordados pontos como a legislação e as instruções normativas que regem o programa, instrução processual e os documentos necessários.
Além disso, foram repassadas instruções sobre o que não pode faltar nas prestações de contas. “A gente percebe que há uma dificuldade na formalização do processo. A minha maior preocupação em oficinas como essa é ter uma linguagem acessível ao passar dos slides. Eu não uso palavras técnicas apenas. Transformo toda essa língua legislativa para que todos entendam o quanto o simples é simples. Tudo pode dentro da lei.”
Dentro da prestação de contas são avaliados critérios como o cumprimento da execução do projeto, a coerência das informações apresentadas e a ordem cronológica dos fatos e comprovações. A lisura das informações é o mais importante. “É necessário apresentar documentos fiscais legítimos, mesmo que feitos a punho. Se estamos falando da contratação de um pedreiro, por exemplo, basta que ele se dirija à prefeitura e emita uma nota fiscal. É muito simples e não há burocracia”, conta Fabrícia.
Trata-se da quarta oficina de capacitação realizada pela Sefaz e CGE. Fabrícia explica que o encontro possibilitou esclarecer as dúvidas dos profissionais responsáveis pela prestação de contas das instituições cadastradas. “Os novos profissionais que ainda não tinham participado das capacitações, sejam de novas instituições cadastradas ou servidores que são novos nessas instituições, puderam conhecer todos os detalhes da legislação, sanar dúvidas e, até mesmo, antecipar dificuldades e vislumbrar as soluções para apresentar a documentação exigida pela Sefaz e pela CGE”.
A superintendente destaca ainda que para aqueles que já participaram de capacitações anteriores, o encontro, além de ratificar toda legislação conhecidas de tais servidores, ensejou ainda os alargamento das práticas do processo de prestação de contas em um contexto mais atualizado.*
Segundo a superintendente de Controle Financeiro da CGE, Fabrícia Costa, a palestra ministrada hoje foi construída minuciosamente para funcionar como um passo a passo. “Não existe má fé por parte dos participantes. Mas a gente percebe que há uma dificuldade na formalização do processo. A minha maior preocupação em oficinas como essa é ter uma linguagem acessível ao passar dos slides. Eu não uso palavras técnicas apenas. Transformo toda essa língua legislativa para que todos entendam o quanto o simples é simples. Tudo pode dentro da lei.”
Para o coordenador pedagógico do Programa de Educação Fiscal, Yuri Miranda, momentos como esse precisam acontecer regularmente para informar a novos gestores e instituições que passam a integrar o grupo. “São duas prestações de contas ao ano. A primeira acontece no último dia útil de fevereiro, para quem recebeu recursos até o segundo semestre do exercício anterior. Já a segunda acontece em setembro, para aqueles que receberam recursos no primeiro semestre do exercício atual.”
Com equipes de estudo que atendem a mais de 200 pessoas, o Grupo Espírita Oscar Menezes de Mendonça, do Poço, esteve presente em todas as quatro capacitações realizadas pela Sefaz. A representante Ivete Moura conta que a oficina é sinônimo de atualização.
“Nós marcamos presença para tirar dúvidas e ficar por dentro das novidades. Eu tinha algumas questões sobre reformulação de projetos e o que fazer quando o dinheiro não é usado. Saio daqui entendendo mais um pouco”, explica.
O Oscar Menezes ganhou até o momento um sorteio de R$ 5 mil, aplicado na compra de uma Smart TV.
Legislação
Durante a palestra, o coordenador também reforçou a Instrução Normativa Nº 49, publicada em 22 de setembro do ano passado, que discorre sobre a obrigatoriedade dos recursos pagos às entidades sociais serem utilizados em até 90 dias a partir do crédito em conta.
“O encontro de hoje foi, também, para esclarecer isso. As instituições não podem ficar acumulando prêmios sem aplicar a quantia. O dinheiro precisa circular. Atualmente, o maior prêmio pago é de R$ 30 mil, logo, não faz sentido existir projetos avaliados em R$ 100 mil. O que pedimos é que as obras e aquisições inscritas na NFC estejam dentro desse teto e que os gestores apliquem o dinheiro dentro do prazo estipulado”.
A única exceção à regra é para as instituições que possuem projetos para adquirir veículos. Reformas e compras menores devem ser concluídas em até três meses.
                                                                                                                                                             Texto de Felipe Miranda e Lívia Leão

                                       



sábado, 27 de janeiro de 2018

                                      
                                       ADEFFICAL REALIZA SUA l  REUNIÃO DO ANO

A ADEFICAL - Associação dos Deficientes Físicos de Campo Alegre, em Alagoas, realizou sua primeira reunião do ano, na quinta-feira, 11 janeiro de 2018, às 9(nove) horas da manhã, em sua sede, localizada na Rua Nossa Senhora do Carmo, nº 278, nas proximidades da Creche Virgem dos Pobres, em Campo Alegre - Alagoas.
O presidente, Ramilson Alexandre, deu as boas vindas a todos e iniciou o encontro com muita satisfação e otimismo, pois em sua fala, colocou em destaque que muitas novidades estão surgindo para com o desenvolvimento da instituição.
Foi comentado sobre o resultado das eleições para a diretoria da ADEFAL - Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas, que teve como vencedores: Sr. João Ferreira e Marcão, chapa 1, disputando com o Sr. Pedro José de Lima Neto, chapa 2. A eleição aconteceu na ADEFAL em Maceió, na terça-feira, dia 09 de janeiro, onde seus associados fizeram a escolha. Resultado final: Chapa 1, com 436 votos e chapa 2, com 147 votos.
ADEFICAL em janeiro, recebeu as visitas do Conselho Municipal de Assistência Social de Campo Alegre, com o objetivo acompanhar suas atividade e serviços  e seus projetos, e a visita  da Associação dos Deficientes Físicos de Pilar – AL, onde vieram conhecer sua sede e seus projetos e foram comentados assuntos cabíveis em prol da Pessoa com Deficiência.
Foi falado sobre o projeto do governo estadual, Nota Fiscal Cidadã, e que todos têm uma oportunidade de ajuda a instituição através do projeto, onde você cadastra seu CPF, e concorre a prêmios e indica a ADEFICAL, ela pode ser sorteada com o projeto de construção do centro de fisioterapia. A nota fiscal alagoana agora se chama Nota Fiscal Cidadã e tem muito mais benefícios. Você concorre a prêmios em dinheiro, pratica a solidariedade permitindo que uma instituição social cadastrada pela SEFAZ também ganhe prêmio e os impostos arrecadados ajudam na construção de uma nova Alagoas. Anote o link: www.sefaz.al.gov.br/nfcidada
Recentemente foi criado por Claudionor Rocha, o site da ADEFICAL, que abrange uma variedade de informações e tarefas dessa instituição. Confira o nosso site: https://www.adefical.com
Na reunião, o presidente Ramilson frisou bem que a instituição precisa elaborar e focar em projetos, para assim chegar a mais objetivos comuns em prol das políticas públicas das Pessoa com Deficiência (PcD). Falou ainda que nos últimos mês de dezembro  participou da Conferência Nacional de Assistência Social em Brasília, onde visitou o gabinete do senador Benedito de Lira, onde foram afirmados incentivos à ADEFICAL.
.
Para maiores informações: Whatsapp: (82) 99125 – 6038, email: adeficalcampoalegre@hotmail.com, Blog:adefical.blogspot.com, site: WWW.adefical.com
Presidente: Ramilson Alexandre
Vice-presidente: Claudival Medeiros


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

                 NOMEAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PESSOA COM DEFICIÊNCIA  

A prefeita do municio de Campo Alegre Al, assinou a portaria  N° 004/2018 de 10 janeiro de 2018, que nomear o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência-CMDPCD, para o bieno 2018/2020, que ficou representado da seguinte forma :

GOVERNO

1- Secretaria Municipal de Saúde 
 Gean Carlos Isidôrio da Silva - Conselheiro Titular.
Josefa Pereira dos Santos - Conselheira Suplente

2. Secretaria Municipal de Educação
Gilvania Silva da Paz - Conselho Titular
Maria Lucia de Medeiros Souza - Conselheiro Suplente

3.Secretaria Municipal de Assistência Social
Taynara Carolina dos Santos - Conselheiro Titular
Claudineide da silva Santo - Conselheiro Suplente

4. Secretaria Municipal de Espote e Lazer
Jose Ailton dos Santos Filho - Conselheiro Tutelar
Allen Herminio Ferreira de Oliveira Gomes - Conselheiro Suplente

5. Secretaria municipal ded Cultura 
Fabiana Gonçalves de Santana - Conselheiro titular
Talvanes Henrique Ferreira tavares - Conselheiro - Suplente

SOCIEDADE CIVIL

1. Projeto Fênix
Karlas Karoliny Pedrosa dos santos - Conselheiro titular
Jose Espedito de Araujo - Conselheiro Suplente

2. Sindicato dos Trabalhadores Rurais
Jose Luis de Souza - Conselheiro Titular
Edivanio da Silva Mendes - Conselheiro Suplente

3. Associação dos Deficientes Físico de Campo Alegre- ADEFICAL
Ramilson Alexandre dos Santos - Conselheiro Titular
Eliane da Silva Santos - Conselheiro Titular
Claudival de Medeiros - Conselheiro Suplente
Renito Paulino da Silva - Conselheiro Suplente

4. Associação Para o Bem Estar Social e Cultural- ABESC 
Maria Sueli Ferreira da Silva- Conselheiro Titular
Ana Cristina de Oliveira- Conselheiro Suplente.





sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Reunião com diretoria da ADEFICAL

Hoje aos quatro  dias do mês de Outubro de dois mil e treze (04.10.2013) realizou-se a reunião ordinária da Adefical na casa do Sr. Davi Ferreira Rolim na Rua Nossa Senhora Do Carmo nº101, no centro de Campo Alegre - Al, onde foi informados sobre capacitação do Conselho Municipal de Saúde CMS, motivo de a reunião ser adiada para o dia 04/10 que nos dias 20 e 27, as referida capacitação. Também foi discutido sobre novos convênios e os Projeto de lei de utilidade publica  e conselho da Pessoa com Deficiência (PcE), construção da sede da Adefical e da reunião para construção do Estatuto da Pessoa com Deficiência PcD, que aconteceu na Assembleia Legislativa de Alagoas, com a iniciativa da  deputada federal Rosinha da Adefal, presidente da Frente Parlamentar do Congresso Nacional em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, em parceria com através de seu Presidente Fernando Toledo, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para a Sessão Especial/Encontro Regional do Estatuto – Região Nordeste que irá apresentar e discutir o Estatuto da Pessoa com Deficiência (PL 7699/06). E os informe gerais onde os diretores discutir os problema e dificuldade de a ADEFICAL esta passando, principalmente  falta de apoio.

sábado, 28 de setembro de 2013

Assembleia Geral da ONU vai ratificar os direitos da pessoa com deficiência entre as premissas do desenvolvimento sustentável

Notícia 453 de 24/09/2013
A sessão plenária da Reunião de Alto Nível sobre Desenvolvimento e Deficiência aprovou o documento que estabelece a acessibilidade da pessoa com deficiência como aspecto inerente ao desenvolvimento sustentável. A decisão aconteceu na segunda-feira (23), na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque (Estados Unidos). A deliberação significa um êxito das posições defendidas pelo Brasil durante a realização do evento preparatório, a Consulta das Américas, realizado no último mês de maio, em Salvador (BA), com a participação de 20 países.
O documento, que será incorporado à resolução das Nações Unidas pela 68ª Assembleia Geral, trata das diretrizes para assegurar que a inclusão das pessoas com deficiência seja devidamente inserida nos compromissos para a promoção de desenvolvimento a serem acordados após 2015. Esse ano é estabelecido como prazo limite para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs).
O secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José Ferreira, que participa do evento, considerou a aprovação do documento uma vitória na luta da pessoa com deficiência pelo reconhecimento, inclusão e equiparação de oportunidades. “Isso significa que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e demais metas não podem avançar sem considerar as pessoas com deficiência como agentes e beneficiárias de desenvolvimento”, explicou Ferreira.
Entre os progressos, o secretário destacou ainda a necessidade do estabelecimento de políticas públicas em nível nacional para a promoção do desenvolvimento com inclusão em todos os governos. “É importante que todos os países do mundo incorporem a agenda da pessoa com deficiência como fazemos no Brasil, por meio do Plano Nacional da Pessoa com Deficiência - Viver sem Limite, que envolve 15 ministérios”.
Ao final, os embaixadores da Espanha e da Indonésia, países facilitadores do processo preparatório da Reunião de Alto Nível, agradeceram a atuação dos países que cooperaram para o seu sucesso, destacando o protagonismo do Brasil.
Assessoria de Comunicação Social